Quais consultas minha empresa deve realizar para evitar a inadimplência?

Visando se prevenir da crise econômica que estamos vivenciando em nosso país, e afim de evitar vender para pessoas que compram demasiadamente e acabam por não conseguir pagar suas contas em dia, é preciso antes de efetuar uma venda ou conceder crédito para seus clientes fazer um levantamento e buscar saber se o nome deste consumidor já não consta na lista de inadimplentes do SPC e SERASA.

 

Pensando neste grande número de devedores que vem crescendo dia após dia, separamos algumas dicas de tipos diferentes de consultas que sua empresa pode fazer na hora de vender ou conceder crédito. Para isso, confira a seguir:

 

1 – Consulta CPF/CNPJ – Pendências e Restrições

Consulta nível nacional por meio do CPF/CNPJ sobre cheques sem fundos, pendências e restrições financeiras, dívidas vencidas, duplicatas e endereço de cadastro.

 

2 – Consulta CPF/CNPJ – Dívidas

Consulta nível nacional por meio do CPF/CNPJ sobre cheques sem fundos, pendências e restrições financeiras, dívidas, protestos, endereço e ultimas consultas.

 

3 – Consulta CPF/CNPJ – Completa Top

Consulta nível nacional por meio do CPF/CNPJ sobre cheques sem fundos, pendências e restrições financeiras, dívidas, protestos, endereço e ultimas consultas.

 

4 – Consulta CPF/CNPJ Top SPC + SCPC

Consulta nível nacional por meio do CPF/CNPJ sobre cheques sem fundos, restrições financeiras, protestos, ações judiciais, síntese cadastral e quadro societário.

 

5 – Consulta Crédito Mercadológico do CPF

Consulta nível nacional por meio do CPF sobre análise de crédito mercadológico, cheques sem fundos, pendências e restrições financeiras, dívidas, protestos, endereço e ultimas consultas.

 

6 – Localiza CPF/CNPJ (Somente p/ Empresas)

Acha telefones, nome, endereço, nome da mãe e data de nascimento. Busca por CPF/CNPJ, nome da pessoa ou empresa, telefone, fixo/celular, informa telefone do endereço.

 

Em suma, fazendo uma boa busca e consulta no CPF do cliente em questão, te auxilia e ajuda a evitar que sua empresa tenha aumento no número de devedores. Pois, prevenindo-se e munindo-se de todas as estratégias, é possível saber se o cliente é um bom pagador e as chances de receber o produto vendido ou o serviço prestado são bem maiores.

 

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário logo abaixo!