Como protestar uma dívida em cartório

Como protestar uma dívida em cartório?

Quando a dívida registrada em cartório é feita pelo credor a uma pessoa física ou jurídica, o devedor fica com o nome sujo. E, de acordo com algumas pesquisas, cerca de 60% do protesto de dívida é pago em até 3 dias. Saiba como protestar uma dívida em cartório e receba rapidamente!

O protesto de dívida se tornou um dos recursos mais rápidos para quem precisa receber o pagamento de um boleto, carnê, fatura etc. Assim, muitas pessoas físicas e jurídicas optaram por esse mecanismo visto a eficácia que tem de reduzir a inadimplência.

Segundo alguns dados, cerca de 60% da dívida registrada em cartório é quitada dentro de um prazo de até 3 dias. E, com isso, o credor não é prejudicado ao ter vendido algum produto ou executado algum serviço e ficar sem receber o dinheiro.

O QUE É PROTESTO NO SPC E SCPC?

Desse modo, para você que está com alto índice de inadimplência em seu negócio, com uma lista enorme de clientes que não pagaram os seus compromissos, essa é uma alternativa rentável.

Embora exista o SPC, SCPC Boa Vista e outros órgãos de proteção ao crédito, mas saber como protestar uma dívida em cartório fará com que você obtenha mais retornos.

Além do mais, antes de fechar o contrato com alguém é interessante informar por escrito que o não pagamento pode levar a negativar o seu nome em cartório.

Logo a pessoa, seja física ou jurídica, estará ciente sobre esse compromisso e responsabilidade, o que a levará a honrar com os valores. Por isso, essa rotina evitará a inadimplência que tanto abala o negócio.

Assim, veja a seguir como protestar uma dívida em cartório e tome as medidas cabíveis para que não seja mais prejudicado financeiramente.

Como protestar uma dívida em cartório?

O protesto de dívida em cartório é a forma mais eficaz de receber um pagamento vencido. Mas, então, você pode perguntar: Quais os títulos que podem ser protestados? Eis abaixo quais são eles:

  • Boletos bancários

  • Faturas

  • Contratos de aluguéis

  • Notas promissórias

  • Carnês

  • Cheques

  • Duplicatas

  • Confissões de dívidas

  • E outros tipos de documentos

Atualmente, qualquer dívida pode ser protestada em cartório. No entanto, existem unidades no país que possuem regras particulares. Então, é bom verificar em sua cidade se há alguma restrição quanto ao título que pode ou não ser incluído no registro do cartório.

Para protestar um título, siga estes passos:

  • Apresente o título ou o documento da dívida ao cartório a fim de protestar

  • Após isso, é feito um exame formal do título ou documento da dívida no cartório

  • Caso não haja nenhuma irregularidade na apresentação da dívida, o procedimento continua. Se tiver alguma irregularidade, então, o título ou documento da dívida é devolvido ao solicitante do protesto de dívida

  • Depois dessa verificação de que não há nada irregular, então, é emitida uma intimação. E ela deve ser entregue no endereço do devedor em que o solicitante apresentou ao cartório

  • Após os correios entregarem a intimação no endereço informado pelo devedor, o cartório fica com o comprovante de entrega. E, assim, a intimação é considerada efetivada. Mas caso o correio não tenha conseguido fazer essa entrega no endereço informado, o cartório publicará a intimação no edital

  • Cumprida essa etapa, a contagem do prazo é iniciada com 3 dias que o devedor tem para quitar a dívida no cartório

  • O credor pode cancelar a dívida registrada no cartório, caso o devedor o procure diretamente para negociar o que deve

  • Se durante esses 3 dias o devedor não quitar o débito, o título é protestado e o nome do devedor é negativado

É importante salientar que quando é enviada a intimação, ela é apenas um meio em que o devedor pode pagar a dívida. Então, o título ainda não é protestado, pois ele tem esse período para pagar o que deve.

Caso ele não quite durante esses 3 dias, então, o título é protestado e seu nome negativado.

Nome protestado em cartório – Vantagens para o credor!

Uma das melhores vantagens que o credor tem ao protestar um título no cartório é a possibilidade de receber a quantia devida em um prazo curto. Mas há outras, eis abaixo:

  • É uma prova de inadimplência do devedor

  • Pode ser feito o procedimento em qualquer cartório

  • Somente o credor pode solicitar e cancelar o protesto em cartório

  • Você pode emitir uma certidão negativa de protesto expedido pelo cartório e, desse modo, fica assegurado quanto ao débito

  • Gratuidade para o credor

  • Mais rapidez e eficácia

  • E outras!

Protesto de dívida – Consequências para o devedor

Ao entender como protestar uma dívida em cartório você tem a garantia de comprovar que alguém lhe deve. E esse devedor sofre algumas consequências pelo não pagamento da dívida. Assim, se torna um ato legal, justo e deve haver penalidades.

Então, as consequências são as seguintes:

  • Constará o título protestado em todos os cartórios do Brasil

  • Nome negativado, isto é, nome sujo

  • Impossibilitado de fazer empréstimo, financiamento, abrir conta corrente, solicitar cartão de crédito, cheque especial etc

  • Não poderá ser emitido novos talões de cheques

  • E outras!

Saiba mais detalhes sobre as consequências que o devedor terá ao clicar em O que acontece com o nome protestado em cartório e leia todas as informações!

Como visto, saber como protestar uma dívida em cartório é fundamental! Desse modo, você tem respaldo quanto o débito a ser pago pelo devedor, de forma legal e comprobatória.

Se quiser consultar CPF ou CNPJ a fim de descobrir sobre algum débito, então, clique em Consultar título protestado em cartório e faça agora mesmo! Em seguida, faça o seu cadastro no sistema gratuitamente. Depois, insira créditos e escolha a opção de seu interesse.

Comente e compartilhe, se assim desejar!