transferir documento de veículo para outra pessoa

Como transferir documento de veículo para outra pessoa?

Após a venda do veículo, o antigo proprietário possui 30 dias para realizar a sua transferência, de acordo com o art. 134 da Lei n.° 9.503/1997. Assim, aprenda aqui como transferir documento de veículo para outra pessoa.

 

Ao vender um veículo é imprescindível que você entregue o comprovante de transferência em até 30 dias para o novo proprietário. Para isso, você terá que preencher o verso do CRV – Certificado de Registro de Veículo, especificamente, em seu campo.

 

Assim, você se resguarda de futuros problemas como infrações e multas indevidas por ainda estar em seu nome. Além disso, não possui mais nenhum vínculo com esse bem.

 

De posse desse documento, o novo proprietário também tem o prazo de 30 dias para expedir um novo CRV – Certificado de Registro do Veículo, já com os seus dados.

 

Para que ele possa obter um novo CRV, ele precisará ter em mãos esse comprovante. Além dele, também precisará de outros documentos exigidos pelo Detran de cada cidade.

 

Descubra aqui como transferir documento de veículo para outra pessoa. Também saiba de mais informações sobre taxas, documentos a apresentar e outros detalhes!

 

Como transferir documento de veículo para outra pessoa?

 

É comum você querer logo receber o dinheiro da venda do veículo deixando para depois a realização da transferência. Sendo assim, a Lei 9.503/1997 dá um prazo de até 30 dias para efetivar esse procedimento.

 

No entanto, o mais correto é fazer essa transferência no ato da venda, sem deixar para depois. Porém, por ser burocrático e demandar pagar taxas e se dirigir ao cartório, muitas pessoas deixam para lá essa etapa.

 

Se você vendeu um veículo e precisa fazer a transferência, mas não sabe como proceder, então, descubra aqui. A sua finalidade é evitar possíveis transtornos como pagamento de IPVA e débitos indevidos em seu nome.

 

Certamente, isso causa um desconforto por ter que arcar com encargos financeiros que não são mais de sua responsabilidade. Por isso, o blog Mega Consultas vai te orientar quanto ao procedimento correto.

 

Confira o passo a passo e tome as medidas certas o quanto antes!

 

Passo 1 – Preencha o campo de transferência no CRV

 

O primeiro passo a fazer é preencher o campo de transferência que se encontra no verso do CRV. Nesse local, é onde você autoriza que o veículo será do novo proprietário. Assim, deverá informar todos os dados que estão lá, de forma correta.

 

Passo 2 – Vá até ao cartório juntamente com o comprador

 

Após o seu devido preenchimento, você e o comprador do veículo deverão se dirigir até o cartório. Lá deverão assinar o documento em comum acordo e tirar uma cópia autenticada.

 

Passo 3 – Dirijam-se ao Detran de sua cidade

 

Em seguida, deverão se dirigir ao Detran de sua cidade para comunicar a venda do veículo. Desse modo, retira a sua responsabilidade sobre essa propriedade do veículo e a coloca sobre o novo proprietário.

 

No Detran, você terá que pagar a taxa de transferência do veículo. O valor vai depender de cada região. Desse modo, você precisa pesquisar e realizar o pagamento.

 

Para isso, deverá apresentar esse CRV assinado e autenticado em cartório juntamente com estes documentos:

 

  • Documento com foto – pode ser RG, CTPS e CNH de ambos
  • Comprovante de residência – deve ser dos últimos 3 meses e em seu próprio nome
  • Comprovante de registro e licenciamento de veículo (CRLV) – o vendedor deve conceder esse documento (original e cópia) bem como o comprovante de sua quitação
  • Quitação do IPVA e multas – o vendedor deve comprovar que tanto o IPVA como as multas, se houver, estão todas quitadas
  • RENAVAM – Registro Nacional de Veículos Automotores – esse documento demonstra todas as informações do veículo. Você deverá também apresentá-lo em 2 (duas) cópias do formulário e uma pesquisa constando que não há nenhuma pendência existente! Além disso, será preciso que você leve dois adesivos do número do chassi. Depois, fixá-los no verso do RENAVAM.

 

Com visto, em apenas 3 passos você consegue transferir documento para outra pessoa.

 

No entanto, considere que o Detran de sua cidade possa pedir documentos adicionais ou que preencha formulários específicos.

 

Sendo assim, seria prudente buscar informações sobre quais são, de fato, exigidos.

 

Há um ponto importante que você deve considerar: a vistoria do veículo. Ao vendê-lo, certifique-se que ele se encontra em boas condições antes de realizar todos os procedimentos.

 

Até porque pode acontecer do Detran também solicitar que apresente um documento que foi realizada essa vistoria. Isso garante possíveis problemas no veículo lá no futuro sejam cobrados de você!

 

E se a transferência não ocorrer em 30 dias?

 

Caso o comprador do veículo não emita um novo CRV como proprietário, você pode solicitar o bloqueio pela falta de transferência. Desse modo, se resguarda que taxas, infrações, pontos na carteira e outros problemas recaiam sobre o seu nome.

 

A esse procedimento, você está isento de qualquer taxa a ser paga.

 

Como realizar consulta de pendências do veículo?

 

Se você não sabe se ainda há alguma pendência do veículo, uma consulta pode lhe fornecer dados concretos. Sendo assim, pode consultar pelo número do chassi ou placa pagando uma taxa mínima na Mega Consultas de apenas R$ 3,50.

 

Para isso, siga estes passos:

 

  • Faça seu cadastro gratuitamente em nosso sistema clicando aqui
  • Insira créditos e aguarde a sua liberação
  • Realize a consulta do veículo
  • Veja as informações contidas e, se quiser, poderá imprimi-las

 

Pronto! Em apenas algumas horas, você já poderá saber se há alguma restrição, multas, taxas a pagar etc.