o que é CRV de um veículo

O que é CRV de um veículo?

Ao saber o que é CRV de um veículo você pode ter mais cuidado ao armazená-lo em um local seguro. Ele é de grande importância para identificar que o veículo está em seu poder. Por isso, saiba mais informações e detalhes para evitar transtornos por sua falta e/ou negligência.

Já pensou você querer vender ou trocar a sua moto ou carro, mas ser impedido por conta de não saber onde se encontra o seu CRV? Que incômodo, não? Mas é isso mesmo que acontece quando você não sabe onde ele está! Para vender um veículo é imprescindível que tenha o CRV em mãos!

COMO VER SE TEM MULTAS NO VEÍCULO?

Muitas pessoas se perguntam sobre o que é CRV de um veículo. E, talvez, você já tenha ouvido falar, mas nunca realmente entendeu para quê ele serve ou o seu significado.

Há ainda alguns que confundem o CRV com o CRLV, os quais são dois itens totalmente diferentes! Enquanto que o CRV é o certificado de registro que cada veículo deve ter; o CRLV é o certificado de licenciatura adquirido no ato da compra e deve ser atualizado todo ano.

Então, CRV é o registro de caráter único; e o CRLV é o registro de licenciatura de caráter anual.

Saiba abaixo o que é CRV de um veículo, quais as suas características e para que serve!

O que é CRV de um veículo?

Em suma, o CRV significa Certificado de Registro de um Veículo. Ele é adquirido no ato da compra de um carro, moto, caminhão ou qualquer veículo. Tem caráter único e exclusivo com informações sobre quem é o proprietário, cor, marca do veículo, não possui validade etc.

Então, por exemplo, se você quiser vender ou trocar a sua moto, você deverá ter em mãos o CRV. Caso contrário, a venda não será efetivada! Por isso, a sua importância de mantê-lo em local seguro, de fácil acesso e que esteja em perfeito estado de conservação.

Características do CRV

  • É um documento que todo veículo deverá ter para circular pelas vias públicas das cidades

  • Caso não saiba onde esse CRV está você não poderá vender e nem transferir o seu veículo

  • É chamado também de recibo do veículo ou transferência de propriedade ou Documento único de transferência (DUT)

  • CRV e DUT são a mesma coisa

  • Ao comprar um veículo 0km, o CRV vem junto

  • Na hora que é realizado o emplacamento do veículo, o CRV é entregue na mão do proprietário

  • O Detran exige a nota fiscal do fabricante ou revendedor para, então, ser expedido o CRV, de acordo com o CTB – Código de Trânsito Brasileiro, em seu artigo 122

  • Não possui prazo de validade

Itens que constam no CRV

o CRV é um documento único e exclusivo do veículo. Assim, é como se fosse o CPF de uma pessoa física, por exemplo. Para identificar o carro, moto, caminhão ou outro veículo, é necessário obrigatoriamente ter esse CRV.

As informações contidas nesse documento são:

  • Código Renavam – Registro Nacional de Veículos Automotores

  • Nome do proprietário

  • Endereço completo

  • CPF ou CNPJ

  • Placa e chassi do veículo

  • Espécie ou tipo do veículo

  • Tipo de combustível

  • Marca/modelo

  • Ano de fabricação, modelo e cor predominante

  • Categoria (se particular ou não)

  • Descrição da situação do veículo (por exemplo, alienado no banco)

  • Nome do antigo proprietário

  • Nome da cidade e data

  • NTRC – Registro Nacional de Transportes Rodoviários de Cargas

  • Número da via, local do registro, data de emissão do veículo

  • Capacidade/cilindrada/potência

Para que serve o CRV?

Apesar de entender que o CRV é certificado de registro do veículo, mas vem a questão sobre para quê ele serve, não é mesmo? Aqui você saberá qual a sua função. Eis abaixo!

O CRV serve para comprovar que o veículo pertence a você e também para descrever as especificações do veículo. Sendo assim, ninguém poderá afirmar que a moto, por exemplo, não é sua, pois o CRV prova que é!

Também ele serve para fazer operações de compra e venda do veículo. Então, não há como vender qualquer tipo de veículo sem o CRV.

Quando você vende um carro, por exemplo, será necessário preencher o verso do documento mediante os dados atualizados do comprador e vendedor. Após isso, é fundamental que ambos assinem o documento e reconheçam em cartório tais assinaturas.

Ao passar para outro proprietário, é obrigatório que ele emita um novo CRV já em seu nome pelo prazo de até 30 dias. Isso está estabelecido no artigo 123, do CTB – Código de Trânsito Brasileiro.

Onde encontrar o número CRV?

Apesar de muitos confundirem os códigos, mas o número do CRV é diferente. Mas é o mesmo que o do Renavam? Absolutamente, que não! O código Renavam é outro que se encontra na parte abaixo do centro do documento!

Já o CRV está localizado no canto superior direito do documento. Então, tenha cuidado na hora de pegar esses números para não fornecer dados alterados e errados para alguém!

Como consultar o CRV do meu veículo?

Agora que você compreendeu o que é CRV de um veículo, soube das características e algumas informações, chegou a hora de fazer a sua consulta. Você sabia que é possível descobrir esse CRV de sua mota, caminhão, carro e qualquer outro meio de transporte?

Para realizar a consulta é simples, fácil e online! Isso mesmo! Você não precisará se deslocar até o Detran, enfrentar filas só para ter acesso a esse número de documento! Em poucos minutos, você pode obter esse código e fazer tudo que desejar com esses dados.

Lembrando que a consulta custa apenas R$ 3,50 por dado inserido. Por isso, aproveite para consultar agora mesmo!

Então, siga estes passos:

  • Acesse o portal ao clicar em Mega Consultas

  • Escolha a opção Consultas Veiculares e clique em consultar

  • Realize o seu cadastro gratuitamente

  • Agora, entre na sua conta cadastrada com login e senha criadas

  • Depois disso, insira créditos em sua conta a fim de usá-los para fazer consultas

  • Clique em Consultas Veiculares

  • Insira o número da placa ou chassi do veículo

  • Pronto! As informações do veículo já estarão a sua disposição para consulta

Viu como é fácil e simples entender o que é CRV de um veículo? Se sim, então, comente! E, caso deseje ajudar mais pessoas com essas informações, então, compartilhe com os seus amigos e familiares!